21 setembro, 2012

O cordão umbilical, o coto e o umbigo

Quando descobri a gravidez comecei a ler tudo sobre bebês: parto, enxoval, decoração, amamentação, como escolher a maternidade etc. Assistia vídeos de como trocar a fralda e dar banho.

O engraçado é que não li nada sobre o umbigo do bebê.

No dia que meu pititico nasceu, ali na sala de parto, eu olhei para o cordão umbilical e achei ele tão grosso. Sim, em meio a todo aquele chororô eu pensei nisso.

Em casa começou a história. Uma enfermeira foi até lá me dar dicas, ensinar cuidados básicos e responder as minhas infinitas perguntas. Aí me mostrou como cuidar do umbigo. Na verdade cuidar do coto (aquele pedacinho do cordão umbilical que daria lugar ao umbigo de verdade). Parecia fácil: depois do banho ou troca de fralda, era só molhar a ponta da gaze em álcool e enrolar o coto. Ela frisou bem pra não colocar pó de café, fumo, moeda etc. Claro que eu não ia colocar nada disso né? Mas ela disse que ainda tem muita gente que faz isso.

Tá. Eu fiquei craque em curar umbigo de neném. Coisa mais fácil, hahaha. Mas não era bem assim.

Os dias foram passando e o coto continuava ali, firme e forte. As perguntas indesejadas começavam: não caiu ainda? E parece que vai demorar a cair! Você tá colocando álcool? Vai ficar estufado!

Ninguém merece. Eu já estava ficando perturbada. Dez dias e nada dele cair. Ele resistia, não dava nem sinal de querer ir embora. Meu marido ficava com dó achando que doía. Mas não dói, só que é chato dar banho com aquele negocinho ali.

Fomos ao pediatra e ela disse que era normal. Que podia demorar até 2 meses pra cair (tempo demais né?). Ela disse também que meu filho tinha uma "herniazinha" mas que depois ia sumir. Perguntei se ia ficar estufado e ela respondeu que isso é questão de genética. Falou pra não molhar na hora do banho (eu tava molhando e o coto tava gosmento) e sempre verificar se não estava molhado de xixi.

Bom, dúvidas esclarecidas e eu mais tranquila continuei cuidando. As coisas começavam a melhorar, o coto estava mais sequinho.

O natal se aproximava e eu estava doida que o bendito caísse pra eu contar pra todo mundo, que não ajudou, só deu pitaco.

Todo dia de manhã eu olhava e lá estava ele.

O natal chegou, 25 de dezembro de 2011, de manhãzinha (porque ele sempre acordou cedo) eu vou trocar a fralda do pititico. Aí notei algo diferente. Olhei e, ops! O coto, cadê ele? Hahaha, caiu! Não acreditava, tava solto. Depois de 17 dias ele caiu!

Contei naquela noite pra TODOS.

Ficou aquela feridinha, continuei usando o álcool até cicatrizar.

E o umbigo surgiu, lindinho.

video


E é claro que guardei aquele pedacinho.


15 comentários:

  1. Noossa Andreia taantas coisas pra pensar neh, eu com 20 seemans ja estou enlouqueceendo de peensar em td isso!! haha

    mais tudo por eles vaale a pena neeh?

    BJS

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Andreia pelas dicas.
    assim que montar tudo mostro lá no blog.
    Estou seguindo.
    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teu blog é uma graça! Fico feliz em ajudar!
      Quero ver sim!

      Beijo!

      Excluir
  3. Andreia da minha bebe demorou pra cair também, 12 dias...eu estava tranquila porque sabia que as vezes demora mesmo, mas as pessoas...essas são muito afobadas e ficam botando medo na gente, quase enlouqueci,bjus!

    ResponderExcluir
  4. O do Enry caiu no terceiro e dia, até me espantei, pq achei que foi rápido demais! hahahaah
    Mas estava tudo normal!
    E se a gente for ligar pra tudo que ouve, a gente não materna, vira robô!!! hahaha

    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, rápido hein?
      Hahaha, é mesmo, vira robô!

      Bj!

      Excluir
  5. O Dr disse que poderia dar banho normal e lavar o coito, mas que depois deveria secar muito bem e passar álcool 70%, segui as orientações do médico e no 3° dia caiu! Nossa foi um susto, porque quando fui trocar ele percebi sangue na fralda e como mamãe de primeira viagem chorei horrores e fui correndo levar ele (no domingo de manhã!!) para o dr ver! Como caiu muito rápido esse sangue era de dentro do cordão... mas pensa no susto que passei! hehehe

    Adorei seu relato, mas amei ainda mais esse vídeo! Que risada mais gostosaaaa!!! hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Samanta, acho que não tava secando bem. Mas tudo serve de lição né?

      Ah, a risada. Eu adoro!

      Beijinho!

      Excluir
  6. Já se passaram mais de dois meses e o coto do meu bebê ainda não caiu.
    O pediatra diz que devemos esperar, mas estou apavorad

    ResponderExcluir
  7. O do meu Dudu caiu com 5 dias...super rápido! !!ja do meu sobrinho Davi que nasceu na mesma época caiu com 15 dias. Isso vai depender muito de cada bebê e dos cuidados da mãe.

    ResponderExcluir
  8. O do meu Dudu caiu com 5 dias...super rápido! !!ja do meu sobrinho Davi que nasceu na mesma época caiu com 15 dias. Isso vai depender muito de cada bebê e dos cuidados da mãe.

    ResponderExcluir
  9. Hahaha, nossa Andréia, a minha preocupação durou mais tempo q a sua, do meu primeiro filho também achei super grosso, demorou 27 dias pra cair, e eu fazia tudo certinho, levei no pediatra 2 vezes pra ver se era normal mesmo. Já do meu segundo filho, veii bem fininho, caiu com 6 dias, que alívio!! 😀😀

    ResponderExcluir
  10. Hahaha, nossa Andréia, a minha preocupação durou mais tempo q a sua, do meu primeiro filho também achei super grosso, demorou 27 dias pra cair, e eu fazia tudo certinho, levei no pediatra 2 vezes pra ver se era normal mesmo. Já do meu segundo filho, veii bem fininho, caiu com 6 dias, que alívio!! 😀😀

    ResponderExcluir