29 março, 2013

Páscoa…

Na primeira páscoa do Pititico ele tinha 4 meses. Ganhou seu primeiro ovo de chocolate da titia e, embora não entendesse ficou bem feliz, rs.

Foto-0720Foto-0724

Foto-0732

Esse ano ele já conhece o gosto do chocolate mas, aqui em casa nós não valorizamos o ovo, o coelho. Valorizamos o sacrifício de Jesus e sua ressurreição. Aos poucos o Pititico irá compreender esse significado.

Mas nada contra os ovos de páscoa! Ele ganhou o seu, de uma amiga minha. E gostou muito (mais do brinquedo do que do chocolate).

CAM01558CAM01559CAM01560CAM01561CAM01567CAM01566CAM01565

Desejo uma feliz Páscoa pra vocês! Deus abençoe!

27 março, 2013

Tag, selinhos e mimos

A Toninha do blog Papo de Mãe e a Jéssica do blog Mamãe Jhe me presentearam com este selinho:
 

E tenho que listar sete coisas que mais gosto: Pititico, Emerson, Deus, meus pais, meus irmãos, amigos e sorvete.
 
***
 
Samanta, do blog Mãe de Dois me enviou um tag com cinco perguntas para ser respondido com fotos:
 
- Quem é você?
 
Sou alegre, emotiva; adoro fazer um favor, rs; sou apressada e às vezes isso me atrapalha.
 
- Qual seu maior sonho?
 

 Que ele sempre queira meu colo.
 
- Qual é a pessoa mais importante na sua vida?
 
 
 
 
- Uma frase:
 
 
 


- O que você aprendeu com a vida?


Os blogs indicados são:

Tamires - Otávio
Dani - Viagens de primeira viagem
Marayza - O baby dos babies
Sher - Bela Mãe
Renata - Mãe da Lavínia
Camila - Nosso Rei Arthur
Lu - Mãe de Bia

***

Ganhei um mimo das Mamães em Rede:

 
E um cartão da Lu, do blog Nicolilando por aí, que mora no Canadá:


Obrigada meninas! Eu adorei os selinhos, o tag e os mimos!

24 março, 2013

Meu dia de aniversário

O Pititico cooperou: acordou quase oito! kkkkkkk. Eu ganhei os dois melhores beijos do mundo, hahahaha pela manhã.

Emerson foi trabalhar porque prefiremos que ele folgasse na próxima quinta por causa do feriado de sexta. Assim ficaremos juntos dois dias!

Então o Pititico ficou responsável de curtir o dia com a mamãe. Pra isso só dormiu uma vez, rs, mas eu dormi junto.

E teve bolo! A cunhadinha querida, tia Keila, aquela que me acompanhou no parto do Pititico, fez um bolo muito gostoso. Foi aniversário dela dia 21, aí cantamos parabéns juntas.

Nesse momento escrevo sentada no sofá ao lado do Pititico que assiste Galinha Pintadinha e quer ver a música "língua de fora, abana o rabo, levanta a perna e faz xixi" trocentas vezes, kkkkkkkkk.



22 março, 2013

Medo, manias e mexido

Eu sempre ouvi e li que era bom para a criança ter um bichinho, um paninho, uma naninha pra dormir. Falei com o marido certa vez mas ele achou besteira. Assim, o Pititico sempre dormiu só no seu berçinho.

Mas aí ele descobriu o medo (como contei aqui). Agradeço por cada comentário, dicas, obrigada mesmo meninas!

Ele continua dizendo "tutu" quando tá escuro mas, estamos conversando com ele e ajudando a enfrentar o medo.

O Pititico adora seus paninhos de boca. É uma mania. Ele não toma a mamadeira se o paninho não estiver embaixo. Ele segura na pontinha e até dorme. Quando estamos preparando o "mamá" ele diz: "panin". A gente pega e ele dá aquela risada, rs.

Começei a perceber que a manta que deixo no berço dele (o quarto é bem quentinho então a manta fica lá caso esfrie) virou a tal da naninha; toda vez que ia vê-lo tava todo enroscado. Fiz um teste. Coloquei ele pra dormir sem nada. Ele se virou e disse: "bé, bé" (coberta). Eu peguei e falei "aqui sua cobertinha". Ele sorriu, colocou a manta perto do nariz e dormiu!

E a cobertinha se tornou naninha! E o Pititico voltou a dormir a noite inteirinha. Delícia!

Tá cheio de gracinhas. Ontem quando chegamos pra buscá-lo, pela PRIMEIRA VEZ, ele quis meu colo ao invés do pai. Sério, toda vez que eu ia pegá-lo já escutava um "papai". Ainnnnnn. Achei demais, hehehe.

Mamãe tinha acabado de dar janta pra ele: mexido (arroz, feijão, carne desfiada e ovo). Ele adorou! Não podia ser diferente né? Mineiro, rs. Aliás, só nós mineiros gostamos de mexido?

18 março, 2013

Sobre o medo

Ainda não havia identificado nada que fizesse o Pititico temer. Mas outro dia estava chovendo e trovejando muito. Ele arregalava os olhos e se escondia em mim, rs. Eu me agarrei nele porque tenho pavor de trovões! kkkkk.
 
Agora ele tá com medo do escuro também. É só anoitecer que ele diz: tutu. Antes ele queria passear o tempo todo mas agora quando é noite não quer sair de casa.
 
Coisa engraçada porque não fazemos medo nele, não falamos "ali tem tutu" mas o medo apareceu. Normal né? Tava lendo a respeito pra saber como lidar.
 
Essa noite ele acordou chorando e falou tutu. Tivemos que levar ele pra nossa cama. Ah, foi uma delícia o pezinho dele no meu nariz e aposto que Emerson também adorou, hehe.
 
Não sei se foi por causa da video-cassetada, nós estávamos assistindo e ele começou a chorar. Aprendeu até a falar: me, me (medo).
 
O Pititico sempre dormiu no quarto dele e não usamos abajour. Talvez seja o caso de providenciar um, o que acham? O medo também existe por aí? Como vocês lidam?
 
***
Ele teve seu segundo corte de cabelo. Dessa vez quem o levou foi o papai que se gabou do bom comportamento do filhão. Comigo foi um pouquinho mais difícil porque era a primeira vez né?
 
 

 

14 março, 2013

BC: Brincando, Contando e Cantando…


 
Hoje é dia da BC semanal proposta pela Roberta, a mamãe do Matheus. Demoramos mas aqui estamos, hehe.

Na verdade o que mais fizemos na semana foi ler! Sim, o Pititico agora pega o livro ou a revista, vem para o nosso colo e diz: lê, lê. Coisa mais linda. Pena que ainda não deu pra tirar foto.

Mas tem ele cantando!

video
 

12 março, 2013

Pra mim vale a pena sim!

Emerson e eu escolhemos ter um filho. Por um tempo nós ansiamos por ele. E quando Álvaro nasceu, nasceu também um amor que não conhecíamos.
 
Eu abri mão de algumas/muitas coisas porque a renúncia maior fica pras mães né? A gente "deixa pra lá" o corpo bonito, o medo das estrias, as noites inteiras de sono etc...
 
E uma dessas renúncias foi ter que trancar a faculdade. E agora tô sempre ouvindo que preciso voltar. É uma espécie de cobrança. 
 
A rotina era assim: levantava às 06:00 da manhã e ia para o trabalho. Saia às 18:00 e ia direto pra aula. Chegava em casa 00:00. Não era fácil mas eu me virava. Não havia ninguém dependendo de mim. No sábado eu tinha aula também, então cuidava da casa depois. Ótimo. Emerson nunca reclamou, eu dava conta.
 
Mas agora é DIFERENTE. Eu pretendo concluir o curso mas, eu gostaria de fazê-lo na parte da manhã.
 
Escutei essa semana algo me deixou profundamente irritada: você tem que voltar a estudar. Porque não vale a pena se sacrificar por filho. Eles não reconhecem. E é só um tempo, passa rápido (a pessoa se refere a dois anos e meio).
 
Fala sério! Eu não tenho coragem de ficar com o meu filho só no domingo! Sair enquanto ele dorme e pegá-lo dormindo! Não! Eu não consigo. Não estou criticando, julgando ninguém. Estou falando de mim.
 
Meu filho é prioridade pra mim e sim, eu morro por ele! Faço tudo que eu puder por ele. Ele é minha responsabilidade, eu assumi o compromisso de cuidar dele quando escolhi tê-lo. E mesmo se não tivesse sido planejado, não mudaria nada.
 
Só vou voltar se for de manhã ou sei lá, quando ele estiver grandinho. Grandão. Só se for de manhã.
 
 

10 março, 2013

BC: “Crescendo e Aprendendo”

BC-

Esse post faz parte da BC proposta pela Adriana, mãe do Theo. No dia 10 de cada mês é só postar uma foto do ano passado e desse ano para acompanhar o crescimento dos nossos pequenos.

BC

08 março, 2013

1 ano e 3 meses

O Pititico anda dormindo muito bem! A noite inteirinha para a nossa alegria, rs.
 
Na quarta-feira ele amanheceu cheio de pintinhas vermelhas. No rosto, mãos, costas, no corpo todo. Liguei pra pediatra e ela disse que poderia ser uma série de coisas. Ah tá. Tinha que observar como ele estava. Falei que ele tava ótimo, comendo, brincando, nada de febre, desânimo, nadinha. Então ela achou que podia ser alergia a amoxicilina, pediu pra suspender, já estávamos no 8º dia. Receitou um anti-alérgico de 8/8 horas. Ainda tá pintadinho, espero que passe logo.
 
Mas tirando isso tá um fofo! Todo dia quando ele acorda levo ele pra nossa cama. Lá ele brinca com Emerson enquanto eu me arrumo pro trabalho. Faço a mamadeira e ele toma com o papai. Mas quando termina já desce, sozinho, da cama e começa o dia!
 
Ontem ele aprendeu a dizer “nana” (aranha). Fala também: bal (balde), vovoinha (vovozinha), lão (leão).
 
Imita a vaca, o cavalo, o porco, o peru, o gato, o leão.
 
Faz pirraça quando é contrariado, senta no chão e choraaaaaaaaaaaaa.
 
Acha que pode ficar pulando no sofá, hã.
 
Continua fã das pedrinhas…
CAM01384
 
CAM01383
 
e de água.
CAM01389
 
CAM01390

04 março, 2013

BC: Nossos Momentos

nossos momentos

O final de semana foi ótimo, graças a Deus! O Pititico melhorou e papai ficou de folga no domingo. Almoçamos na casa da minha mãe.
 
E para comprovar a melhora dele escuta só. O Pititico não pode ver um bicho que começa: bi, bi. Se for uma formiga ele pisa (esmaga) e ainda dá uma risada vitoriosa. Mas agora ele tá com mania de pegar. Tenho que ficar ensinando que não pode, porque imagina se pega em algum bicho perigoso?
 
Mas a vovó tá ensinando o contrário, rs. Apareceu no terreiro uma lagarta de coqueiro (eu tenho pavor) e minha mãe a PEGOU. Claro que o curioso foi ver de perto né? Como se não bastasse queria pegar também.
 
 
 Pegou
CAM01458
 
Exibiu
CAM01459
 
Fez medo em mim
CAM01460

 Deixou cair e pegou de novo
CAM01464

Perceberam a cara de sapeca dele?

01 março, 2013

Filho, não fica doente não!

Acho que esse é um pedido que toda mãe/pai gostaria de fazer para o filho. Já dizia minha avó: melhor uma criança levada que prostrada.

A febre começou tímida na terça de madrugada. Medicamos e levamos ele pra nossa cama. Depois de um tempo o Pititico ocupou quase todo o espaço e dormiu. Eu fui trabalhar. Minha mãe disse que ele tava meio dengoso, querendo colo o tempo todo. Mas não passou disso.

Porém, como tudo parece piorar durante a noite, depois de tomar a mamadeira ele vomitou tudo. Mais tarde teve uma febre alta. Choro. Remédio. Choro. Levamos ele pra nossa cama de novo.

Eu tava cansada e tinha que ir no trabalho. Combinei com a minha mãe que conforme ele ficasse eu o levaria ao PS.

Liguei para a pediatra que disse o seguinte: “a febre sempre é sinal de que algo está acontecendo, mas isso não significa que você precise sair correndo desesperada. O importante não é a febre e sim como ele reage quando ela baixa. Se ele ficar prostrado, não comer, leva ele. Se der pra esperar traga-o no consultório amanhã de manhã (ontem).

De manhã não teve febre e mamou um pouco. Depois dormiu. Não quis almoçar. Vomitou a mamadeira. Resolvemos levar.

Emerson o levou e nos encontramos no hospital. Pititico tava abatido, vermelho.

O pediatra nos atendeu e ao nos ouvir disse que é época de virose, dor de ouvido, dengue. Ao examiná-lo constatou: garganta inflamada. Tava no início mas ele disse que foi bom levá-lo porque senão ia piorar muito de um dia pro outro. Como era a primeira vez que o Pititico ia tomar antibiótico receitou o que chamou de mais simples: amoxicilina. Irá tomar durante dez dias.

Ontem fomos à pediatra (a consulta seria no próximo dia 05 mas adiantamos). No caminho ele vomitou. Chegamos no consultório com um perfume diferente, rs.

Ele como sempre foi uma graça com a Tia Amália. A chamou de titia, deixou examinar tudo sem problemas.

Está pesando 10,2 Kg e medindo 78 cm.

Ficamos felizes porque os testículos estão chegando no lugar! O mais provável é que ele não precisará de nehuma intervenção cirúrgica! Graças a Deus!

Tá com uma íngua ( a pediatra me mostrou) na virilha, achei que era pela inflamação mas não. Era porque tinha machucado o dedão do pé direito.

Comentei com ela sobre levá-lo ao dentista. Ela disse que recomenda com três anos, que nessa idade a orientação é só escovar com creme dental sem flúor e utilizar água da copasa pra lavar. Ela falou que é importante porque tem flúor, nada de usar água filtrada pra bochechar (aqui ele só cospe e engole também, rs) .Vocês sabiam disso? Eu não fazia ideia.

Ele está melhor. Hoje almoçou, jantou, comeu suas frutinhas. Teve febre na noite passada mas segundo a pediatra a partir de hoje não deve ter mais. E toma os remédios numa boa. Hoje de manhãzinha falou assim: memé (remédio) dodói. Posso com isso?

Tá tomando muita água e tá um pouco sonolento, mas brincando e fazendo suas pirracinhas, rs. Aprendeu a dizer “aginha” (aguinha), limão e mai (mais). Graças a Deus o fim de semana será de pura sapequice!