31 outubro, 2012

Fraldas!

E depois de quase 11 meses, precisamos comprar fraldas! Isso mesmo! Durante todo esse tempo usamos as fraldas que ganhamos no chá de fraldas do Pititico. Que economia fizemos, hehehe.

O Pititico, que ainda era só Álvaro, teve dois chás:

Com os colegas da faculdade:



E outro da família (não sei cadê as outras fotos):

Bolo de fraldas feito por mim, rs.

No início ele teve alergia com as fraldas Pampers. Então usava Turma da Mônica. Mas depois não teve mais problema, usou as duas.

Vou dar uma pesquisada porque tô por fora dos preços, hehe, mas acho que vou continuar com a Turma da Mônica mesmo.

Eu super recomendo o chá de fraldas!

29 outubro, 2012

O primeiro passinho!


Foi sábado, dia 27, com 10 meses e 18 dias!

Desculpem o grito, mas eu fiquei eufórica!!! Mas depois me contive, me comportei, rs.


video

Quando parei de filmar o beijei, abracei, apertei, dei os parabéns...ele ficou olhando pra minha cara e rindo. 

Agora ele tá se achando: toda hora quer mostrar a novidade, hehehe.

Eu fico pensando como pode um pedacinho de gente desses andar sozinho. Bobeira minha.


26 outubro, 2012

Quando eu era tentante

Inspirada no blog "A espera de meu Raio de Sol" da fofa Thiii, quero contar pra vocês sobre a minha época de tentante, treinante, louca (brincadeirinha, hehehe). 

Sempre sonhei em crescer, casar e ter filho. Encontrei o maridão (perfeito pra mim) e fiquei esperando a "hora certa". Depois de três anos juntos resolvemos entrar em ação. Parei com o anticoncepcional e era só treino!

Todo mês eu pensava: é agora. E nada. E nada. Puxa já tava demorando.

Ah, sim a gente fica doida. Quer ficar barriguda. Olhava admirada as grávidas, os bebês. Sonhava. Orava. Tentava.

E tentava mesmo. 

Depois do "treino" eu botava as pernas pra cima, rs. Digam que nunca fizeram isso? 

Meninas não mintam!

Quando comecei com os indutores de ovulação então, nem se fala. Eram recomendações médicas, hahaha. Hoje treino, amanhã não. Tinha que revezar. Não podia todo dia nãoooooo. E o médico dizia:

- depois do "treino" pernas pra cima, não é pra levantar. 

Não estão rindo aí não né?

Imagina só: não podia levantar, tinha dormir daquele jeito. O que eu não faria pra ter meu Pititico. 

Eu fiz tudo que o médico mandou. O maridão também. Ouvimos conselhos e dicas dos experientes (os tios, primos que tinham uma "penca" de filhos em casa).

Olhava pra barriga, fingia estar grávida. Entrava em loja infantil, comprava revista de gêmeos. Loucura.

Mas aí, um dia, fiquei calma. Como diz a Thiii, desencanei. 

***

E a barriga começou a crescer, crescer.

Com 8 meses




Sobre a segunda opinião

Minha irmã Adriana, está esperando um menino: o Tomás! Ele irá nascer em dezembro, antes do natal. Quase igual ao Álvaro.

Então, ela tinha uma médica de confiança e começou a fazer o pré-natal com a mesma. Acontece que as consultas eram caras e a médica não atendia o convênio dela. Ela resolveu mudar. Recebeu indicação de uma amiga e foi. Tá.

A nova médica pediu os exames que devem ser feitos e ao analisá-los disse que a glicose dela tava alta. Passou dieta, mandou cortar massa, doce. Tadinha. Tudo que a gente quer, rs.

Ela fez o recomendável. Tava vivendo de salada! 

Quase entrando no sexto mês de gestação a médica pediu um novo exame para medir a glicose. Ela foi à consulta (sozinha já que, ia apenas mostrar o exame que aos nossos olhos estava ótimo).

Quando  a minha irmã chegou no escritório (trabalhamos juntas) estava chorando. Eu a abracei e perguntei o que tinha acontecido. Ela contou em meio a soluços que a médica disse que ela estava com diabetes. Sim, diabetes gestacional. E disse mais: que o bebê tava muito grande; que ele tava absorvendo o excesso de açúcar e por isso a glicose havia abaixado; que ele tinha líquido na barriga; que a barriga dela tava grande demais e, que o parto teria que ser prematuro.

Pasmem.

Ela ficou sem chão, sem entusiasmo, sem alegria.

Eu fiquei passada. Como ela podia dizer tudo aquilo apenas com um exame de sangue nas mãos? Sem ultrassom, sem nada!

Pois disse. Eu tranquilizei a Dri (o apelido dela) e falei logo pra marcar com um médico conhecido nosso. Ela não conseguia pensar, tadinha, também quem ia pensar numa situação dessas.

Marcamos a consulta com o outro médico, ela levou os exames, fez ultrassom, e sabe o que ele disse? Que ela e o bebê estavam ÓTIMOS! Que ela nunca teve diabetes; a glicose sempre esteve boa; o bebê estava do tamanho e peso certinhos; a barriga dela tava do tamanho certo pra idade gestacional. E que a tal médica foi aluna dele e que era meio terrorista. Não falou mais dela em nome da ética.

Hã hã.

Imaginem o alívio e ao mesmo tempo a raiva que ela sentiu. Passou um fim de semana inteiro sofrendo. Ela e a família inteira.

***

Ela voltou pra antiga médica e agora corre tudo bem. O Tomás mexe o tempo todo.

Graças a Deus está tudo bem com eles! Ela tá dormindo mal com dor nas costas, vai muito ao banheiro, tá um pouco (muito) inchada. Mas fora isso, só alegria!

Tá super empolgada, o quartinho já tá todo montado e tá terminando o enxoval.

Mas tá aí porque acho a segunda opinião importantíssima!

Olha ela aí com quase quatro meses e o meu Pititico ainda um "toquinho"




25 outubro, 2012

Esse Pititico...

As gracinhas são cada vez mais fofas!


video

Ele já sabe pegar a bolsa pra ir embora, a minha mãe adora! Pega a bolsa, entrega pra ela e diz: 

-bobó  bó  mamã (que quer dizer: vovó embora mamãe). Não é de babar!

Agora tá querendo "estalar" os dedos, hahaha.

Tô querendo que ele aprenda é soprar porque o níver tá chegando né?

Ah, depois conto como estão os preparativos pra festinha dele. Mas já adianto que estão demais!!!

24 outubro, 2012

Selinho!

Ganhamos nosso primeiro selinho  do blog Nosso rei Arthur! Felicíssima! Obrigada Camila!

Prêmio Dardos


O Prêmio Dardos foi criado pelo escritor espanhol Alberto Zambade que em 2008 concedeu no seu blog Leyendas de El Pequeño Dardos, o primeiro Prêmio Dardos a quinze blogs selecionados por eles. Ao divulgar o prêmio, Zambade solicitou aos indicados que fizessem a mesma coisa indicando outros e assim a premiação espalhou-se pela internet.

O prêmio destina-se a reconhecer os valores demonstrados por cada blogueiro diariamente durante seu empenho na transmissão de valores culturais, éticos, literários, pessoais e etc.

Em suma, demonstrando sua criatividade por meio do seu pensamento vivo que permanece inato entre as suas palavras.

Quero dividir este selinho com vocês:

Renata Rocha - Meu mundo é lilás
Caroline Carvalho - Varal dos Passarinhos
Tamires Taufer - Otávio
Tatiane Rosa - Amigos de Fraldas
Meriene Zamprogno - Mammy Rock
Michele Reis - Meu Bebê Kaleb Crescendo
Larissa - Tagarelinho
Cida Kuntze - Compartilhando
Cristiane - Olho preguiçoso
Juliana Reis - Compromisso de Mãe
Josiane Caetano - Para minha filha

Espero que gostem porque eu amei!


23 outubro, 2012

As palavrinhas do Pititico

Então que tá virando um tagarela meu filhote:

mãmã = mamãe
papá = papai e comer
bobó = vovó
ei = ei
titi = titia
áaa = água
bó = bola e tudo que é redondo
neném = neném
bi = bicho
mi = Mylena
popó = galinha pintadinha
mimi = dormir
qué = quero
dá = dá
ban = banho
pá = moto (não sei porque)
piti = piupiu
iiii = Isa

Hoje ele fala mais bó (bola) do que mamãe, rs.

video

E ele tá já ensaiando o "andar", mas isso conto depois.




22 outubro, 2012

Dia de sol e piscina

Ontem o calor tava demais! Meu Deus!

Eu tô doida pra comprar uma piscina com cobertura (por causa do sol) pro Piittico, mas tá difícil porque a maioria é pra menina! Aiai.

Mas enquanto não ganha a dele, usamos a das priminhas, hehehe.

A sunga que ele tem não serviu, ficou apertada nas coxas. Vou ter que comprar aquelas com elástico na cintura. Então foi de short mesmo.

Foi a primeira vez que entrou na água fria e adorou!








Depois que ele brincou bastante, tomou iogurte  (porque piscina dá fome, rs) foi direto pro banho. Ele tava tão cansado que tava cochilando na banheira, hahaha. Foi só vestir e ele apagou. Dormiu de 10:30 até 12:40 e acordou chorando. Ainda tava cansado. Não quis almoço, então dei mamadeira. Dormiu de novo até às 15:00! Aí sim, acordou com a energia toda! E já fazendo bagunça com uma das futas preferidas: morango.



19 outubro, 2012

Mamães em rede

Meninas,



Falando sobre: FILHOS, MELHOR NÃO TÊ-LOS?

Espia lá!

Como ele se locomove

O Pititico não engatinhou mesmo, mas vai pra toco canto se arrastando, rs. Os tornozelos estão até calejados de tanto esfregar no chão. Ele costuma ficar sempre de meia mas não adianta. 

Olha só como ele faz:



video



18 outubro, 2012

Cercadinhos, chiqueirinhos

Porque eles são chamados de "chiqueirinho":




Depois ele fez uma sujeira com essa laranja...


Costuma ter pedaços de pão, biscoitos e farelos de bolo também, rs. 
            

17 outubro, 2012

Nasce também um pai!

Graças a Deus eu tenho um marido maravilhoso! E nós temos uma história muito bacana. Eu não tinha dúvidas de que ele seria um bom pai.

Mas ele não tinha coragem de pegar um recém-nascido no colo de jeito nenhum. Tinha medo de machucar, deixar cair etc. Não sabia trocar fralda. Não "entendia" nada de bebês, rs.

Quando o Álvaro nasceu, foi engraçado. Ficamos no quarto com outro casal que também havia ganhado um menino. Já eram mais de onze horas da noite e depois de mamar  o Pititico começou a resmungar. Eu tava lá na cama né, não podia levantar. Aí o pai do outro bebê falou:

- ele deve tá de cocô.

Emerson respondeu:

- é né?

Isso é resposta, hahaha. Então o "pai amigo" de quarto perguntou se podia trocá-lo. Emerson falou logo que sim!

E era aquele cocô né? O primeiro. Esquisito, parecia graxa, sei lá.

E ele foi explicando como trocava e tal. Disse que era o segundo filho deles e ele cuidava mais que a esposa.

As próximas trocas Emerson tirou de letra. Pronto! O papai do Álvaro aprendeu rápido!

***

Acho que às vezes, nós mães é que limitamos os pais. Achamos que eles não dão conta, que só nós sabemos fazer direito. Mas se permitirmos eles podem nos surpreender.

Emerson fica lindo trocando a fralda, dando mamadeira, ninando, cantando (canções próprias, rs), levando pra passear, brincando de bola, de cavalinho. Fica lindo cuidando do nosso Pititico.

Com o filho nasce uma mãe e também um pai.




16 outubro, 2012

O soninho do Pititico

Acho que não posso reclamar. Álvaro "tira" duas sonecas durante o dia: 

- uma antes do almoço com duração de duas horas;
- outra depois do almoço de mais ou menos duas horas e meia.

Dorme às 20:00 h, acorda 02:00 h pra mamadeira, dorme e levanta às 06:00 h da manhã. Claro que eu queria que ele acordasse um pouquinho mais tarde, mas tá bom né? 

Acho tão fofo ele dormindo! 











E seus pequenos? Como é o soninho deles?


15 outubro, 2012

O nosso dia das crianças!

Comemorar o dia das crianças esse ano realmente teve sentido pra mim! Agora tenho uma, hahaha. Nosso dia foi ótimo.

Na verdade a comemoração já tinha começado semana passada.

Na "minha" igreja teve um evento para as crianças: O reino da alegria kids! 



Sexta, dia 12, fomos ao musical Davi na Igreja Batista da Lagoinha. Lindo, lindo! 



O Pititico ganhou uma bola do Galo da Tia Keila. E ele não dá sossego, fica o tempo todo dizendo: bó, bó, hahaha. É lindo demais!

E no mais o de sempre né? Muito amor e curtição com meu Pititico que tá cada dia mais esperto!







Então é isso. Foi uma delícia esses três dias inteirinhos com o Pititico. Hoje vou dar uma olhada pra saber como foi o feriado de vocês, rs. 

Só teve uma coisa muito, muito triste: a querida Camila perdeu os pais...não consigo nem imaginar a dor que ela está sentindo. Que Deus traga conforto!

11 outubro, 2012

Blogagem coletiva: Presença. O presente que toda criança gosta de ganhar



O blog "Mamães em rede" está fazendo sua primeira blogagem coletiva com o tema Presença!

Com a chegada dos dias das crianças as lojas ficam cheias de pais (me incluo) correndo atrás de brinquedos para os filhos. Mas com essa blogagem parei pra pensar: não podemos pensar só nisso, mas aproveitar essa data para curtirmos nossos filhos.

Uma forma de fazer isso é apostar em atividades como passeios, brincadeiras e muita atenção, que prezam a relação emocional. Dar aos pequenos o que realmente eles precisam: carinho, afeto, PRESENÇA.

Crianças não precisam apenas de teto, comida, vestimentas ou brinquedos. Precisam sim de amor, abraços, beijos.

É importante ressaltar que a criança quando adulta será a imagem refletida do que recebeu de seus pais. Durante a infância ela precisa ter a presença constante dos pais, dando amor e atenção.

A falta de afeto faz com que a maioria das crianças sofram problemas emocionais e isso pode ser prejudicial na sua formação.

Não estou dizendo que não deve haver brinquedos e sim que nem toda criança quer brinquedo!

Quero aproveitar bem esse dia para curtir o meu pititico e ser "curtida" por ele. E vamos à um musical também, tenho certeza que ele vai adorar!

A consulta com o cirurgião

Primeiro, não fizemos o exame de fezes porque eu esqueci de pegar o potinho pra colher. Abafa. O de urina também não, porque o Pititico tinha acabado de fazer xixi, então ia demorar muito. Mas o médico disse pra tomar cuidado com o exame de urina, porque coloca-se um saquinho (vocês são sabidinhas hein?) pra colher o xixi e fica lá esperando. Às vezes o saquinho se contamina e aparecem bactérias no resultado, e a criança toma remédio sem necessidade. O ideal é esperar a criança urinar e colocar o potinho na hora. Vou tentar né?

***
Vamos ao que interessa:

Então, o Pititico chegou lá dormindo. Primeiro explicamos (marido e eu) o motivo de estarmos ali. O cirurgião pediu pra examiná-lo e ele acordou assustado, tadinho. Chorou um pouco, mas rapidinho fez amizade com o dr. 

Ele me perguntou se eu já havia observado o jato de urina do Pititico, se tinha algo de diferente e tal. Fui sincera né? Não. Nunca reparei, porque quando acontecia eu tava tentando me proteger, rs. Rimos. Mas ele reparou, hahaha. O Pititico fez xixi bem na hora! O cirurgião falou que tava ótimo, tudo normal, hehehe.

Tá. Continuou examinando e me perguntou se alguém já havia me dito que os testículos dele não estão dentro do saquinho. Hã. Paralisei. Olhei pra Emerson assustada. Respondi que não. Como assim? Ele disse que isso é normal até um ano e meio. 

Explicando: os testículos são originados dentro do abdome do bebê, e perto do nascimento eles "descem" para a bolsa escrotal por um canal chamado "Conduto peritônio-vaginal". Este canal se fecha normalmente após a descida dos testículos. As alterações de posição normal dos testículos, ocorrem entre a descida e o fechamento deste canal. Não tem causa definida. O testículo fora da bolsa escrotal pode causar esterilidade.

Nunca vi isso. Não sabia mesmo. Mais uma. O médico disse que é para fazer uma nova avaliação quanto ele completar um ano e meio. Frisou que não é doença até essa idade. 

Minhas considerações:

- pesquisei e em todo canto que li é normal até um ano;
- a idade para correção é entre 9 meses e 1 ano de idade;
- o tratamento com hormônios propicia maus resultados;
- após 6 meses de idade é improvável que os testículos venham a descer. 

Quanto ao "buraquinho": normal. Graças a Deus! Mas ele tem fimose. A maioria dos meninos tem. Mas o médico disse que ela deve desaparecer espontaneamente. Que é pra continuar com os exercícios, sem torturar o bebê! 

Tranquila quanto à fimose e o buraquinho, mas eu como toda boa mãe vou procurar uma segunda opinião, só pra ter certeza em relação aos testículos dele.

Confesso que surgiu uma nova preocupação...orando pra que os testículos cheguem logo no lugar e que nosso Pititico não precise de qualquer intervenção cirúrgica.

***
Depois da consulta teve café na padaria. Olha o Pititico tomando suquinho no canudinho com o papai:





10 outubro, 2012

Adoro!

Eu tô babando cada dia com as novidades...


Já sabe usar o canudinho. Acho que fez careta porque tava gelado...


Mas se acostumou rapidinho.

E sabe brincar de carrinho...


Faz até o "brummm".


E com essas coisinhas é que a gente percebe que eles estão crescendo...

09 outubro, 2012

O pintinho do Pititico

E ontem teve pediatra! O Pititico tá pesando 9.300 kg e medindo 71,5 cm. A dra. disse que tá normal, graças a Deus. Ele como sempre ficou fazendo suas "gracinhas". 

Agora ele começa a tomar o APTAMIL 3, que é a partir do 10º mês de vida. Não mudou nada na alimentação. 

Perguntei sobre a mamadeira que ele toma de madrugada, achei que ela ia tirar. Mas não, ela só disse pra eu dá-la mais cedo, tipo 23:00 h, porque aí ele dorme a noite toda. Fiz isso ontem e foi melhor mesmo, assim a minha noite não fica picada.

Ela olhou o ouvido, nariz, a garganta e tudo beleza. Ele ficou bonzinho, só chorou na hora do palitinho na boca. 

Solicitou exame de fezes (porque criança põe tudo na boca) e urina. Vou pegar as instruções no laboratório, pois não faço nem ideia de como colher xixi de um bebê.

Agora o pintinho: mesmo fazendo os exercícios ele "não descobre". E ela tá achando que o "buraquinho" tá de lado. Me pediu pra procurar um cirurgião pediatra (já tô olhando) pra ele analisar e dependendo do que for, ele faz o procedimento no consultório mesmo. Ela disse que tem que olhar porque se o "buraquinho" estiver no lugar errado, a urina pode ficar retida e causar infecção. 

Tô um pouco (muito) apreensiva. 

Vocês já fizeram exames de rotina nos seus filhotes quando bebês? Como foi? E sobre o "buraquinho", alguém já passou por isso?

08 outubro, 2012

10 meses!

Hoje meu Pititico tá fazendo 10 meses! Puxa, só faltam dois para o 1º aniversário!

E tem novidade muita boa: aprendeu a bater palminha! Ontem, comecei a cantar "parabéns pra você" e para a minha surpresa ele bateu palmas! Fui eu quem vi, hahaha. Que alegria encheu o meu coração. Emerson ficou radiante!

Hoje quando ele acordou já fui logo dando os parabéns pelo mêsversário e ele novamente bateu palminha, fez até barulho. Que coisa mais gostosa! Meu Deus!


"Filho, nós sonhamos muito com você. Esperamos ansiosos. Oramos muito e Deus nos ouviu e fez cumprir a Sua promessa. Você é a maior benção que podíamos receber! O melhor presente que ganhamos!

Amamos você todinho, até no coração!

Mamãe e papai."

05 outubro, 2012

Blogagem coletiva doação de vida, em vida

Recebi um convite da Tati do blog Amigos de fraldas pra uma blogagem coletiva super especial.

A blogagem se chama "doar vida em vida" e a ideia é esclarecer dúvidas quanto à doação de medula óssea. Então cada blogueira pode contar como funciona na sua cidade, alguma experiência própria, o que pensa a respeito etc.

Bom, quando eu li o post que inspirou a blogagem (para ver clique aqui) me senti tocada com o assunto, porque fiquei pensando em quantos pais estão sofrendo com seus filhos à espera de uma doação.

***
Aqui em Belo Horizonte o cadastramento de candidatos a doadores de medula óssea é feito pela Fundação Hemominas (aqui todas as informações sobre cadastro, documentos e exames necessários). 

O transplante de medula óssea beneficia pacientes com produção anormal de células sanguíneas, geralmente causada por algum tipo de câncer no sangue.

A chance de encontrar um doador compatível entre pessoas não aparentadas é muita baixa. Portanto, quanto mais candidatos cadastrados, maiores as chances de se encontrar o doador ideal para os pacientes que precisam de transplante.

Há duas formas de doar:

  • aférese, procedimento de coleta por via periférica, que se assemelha a uma doação de sangue (não requer internação nem anestesia;
  • punção no osso da bacia, por meio de agulhas especiais, sob efeito de anestesia (um pequeno procedimento cirúrgico, de aproximadamente 90 minutos).
O tipo de doação é uma indicação médica, de acordo com o tipo de patologia ou diagnóstico do paciente.

Não se deve confundir: medula óssea com medula espinhal!
***

Talvez as pessoas tenham medo da doação. Eu confesso que tenho, ou tinha. Não é preconceito, descaso sabe? Mas eu sou medrosa mesmo. Mas depois que li no blog da Tati e pesquisei a respeito, vi que não é nenhum bicho de sete cabeças.

O transplante de medula óssea é a única esperança de cura para muitos portadores de leucemias e outras doenças do sangue.

Doar vida, em vida. Tô pensando seriamente nisso. Podemos ser a esperança de alguém!

Sorrisão

É incrível essa alegria às seis horas da manhã!



Ótima sexta florzinhas!

04 outubro, 2012

Aniversário do priminho

Oi meninas!

Bom, viram que mudei a carinha do blog? Gostaram? É que eu tô mega ansiosa com o blog que tá pra sair ( mas não sai) então resolvi mudar um pouco pra ver se aguento esperar, rs.

***

Mas quero é contar que fomos ao aniversário do Vinicius, meu sobrinho. Tava muito bom! 

Ele fez 1 aninho e o tema foi circo. Cheio de palhaços, muitas cores, muitos brinquedos. 


O Vini de palhacinho 
Lindo da titia


Tia Amanda (mamãe do Vini)
O Pititico se divertiu até! Não queria sair da piscina de bolinha de jeito nenhum, rs.


Emerson não pode ir (tava trabalhando) infelizmente. Mas aí eu tava mostrando as fotos e vocês acreditam que agora ele tá gostando do tema circo? Porque ele achava comum e tal, mas agora já tá querendo mudar o tema da festinha do Pititico de novo? Assim não dá né?